7 dicas importantes na hora de comprar sua bike usada!

Comprar uma bike usada não é tão simples assim, principalmente se você não quer comprar um problema junto! Temos que prestar atenção em diversos pontos e detalhes tanto do vendedor quanto da bicicleta, para podermos ter certeza do que estamos comprando!


Por isso, confira com a gente algumas dicas essenciais para não cair em uma furada na hora de comprar sua bicicleta usada!



Defina como vai usar a bike.


O primeiro passo para começar a procurar uma bicicleta usada é definir como você vai usá-la, isso permite que você afunile as buscas para um tipo mais certo.



É muito importante também saber se no futuro você pretende variar seu uso, por exemplo, se a bike vai ser usada na cidade todos os dias para trabalhar, mas futuramente você pretende fazer trilhas leves, isso já especifica mais ainda os modelos a serem procurados!



Verifique a procedência.


Logo depois de definir o uso da bicicleta, é muito importante procurar saber ao máximo sobre sua história, principalmente se você estiver comprando diretamente de uma pessoa e não de uma loja física.


Recomendamos SEMPRE que você compre bikes usadas em lojas físicas, mas se não for esse o caso, procure fazer perguntas como:


  • Como você usava a bicicleta?

  • A bike é sua?

  • Você foi o único dono?

  • A bike tem nota fiscal?

  • A bicicleta já caiu ou foi batida?



Claro que quanto mais perguntas melhor, mas, com estas, já é possível ter uma boa noção do que se está comprando.


Além disso, desconfie de preços muito baixos, sempre preste atenção nos componentes e na marca, marcas muito genéricas podem não ser boas compras, e bikes muito baratas podem ser uma bomba!



Avalie as peças e componentes


Achei uma possível bicicleta! E agora!?


Agora com uma possível compra, é hora de ir ver a bike! É muito importante que você NUNCA firme uma compra sem ver a bicicleta antes, nesta hora é necessário prestar atenção em diversos detalhes e também fazer algumas perguntas.


Preste muita atenção nos câmbios, verifique se são atuais ou não, modelos mais antigos, teoricamente já têm muito uso, por isso pode ser que o conjunto de câmbios já esteja gasto o suficiente para não funcionar direito mesmo com um profissional regulando!





Pergunte sobre barulhos na bicicleta, se possível de uma volta nela e force um pouco, para garantir que todo o sistema ainda está bem.


Use bastante os passadores, para garantir que eles funcionem como deveriam, caso a bike tenha freios hidráulicos, preste atenção na altura dos manetes, caso o curso esteja muito longo provavelmente será necessário fazer uma sangria!


Caso não seja identificável, pergunte a marca de componentes como cubos, pedivela, movimento central e catraca.



Analise o quadro


Analise o quadro da bike, procure por sinais que podem indicar melhor a frequência de uso e possíveis acidentes que ela sofreu, como marcas de corrente no triangulo traseiro do quadro, amassados, rachaduras ressoldas.


Caso o quadro tenha muita avaria, sendo as mais importantes rachaduras e ressoldas, talvez não seja uma boa ideia comprar.



Histórico de manutenção


Pergunte ao vendedor sobre as manutenções que já foram feitas, o que foi feito nessas manutenções, se foi trocado alguma peça e etc.



Caso a bike tenha passado por uma revisão há muito tempo, tenha em mente de que você terá de gastar mais para fazer uma outra revisão, nunca confie em uma bike que esteve muito tempo sem receber os devidos cuidados, por uma questão de segurança!



Compare os preços!


Compare o preço da bike que está comprando, com uma nova na mesma configuração ou de mesmo modelo, isso é importante para pensar se vale a pena investir mesmo em uma bike usada.


Não se prenda às marcas escritas no quadro, mas também, não compre qualquer coisa! Bikes que são imitações de modelos full, ou com nomes parecidos com grandes marcas não são uma boa escolha.


Mas por outro lado, não fique restrito a marcas famosas, muitas vezes bicicletas com marcas de renome escritas no quadro tem um preço elevado demais para o que oferecem.


Preste muita atenção também na suspensão, teste ela, repare se não está seca, dura demais, ou mole demais, atente-se à sua resistência, pessoas muito pesadas com suspensões muito genéricas não combinam!



Sinais de bicicleta roubada!?


Quem possui uma bike comprada legalmente em uma loja com nota fiscal e procedência, sabe o que tem, portanto, alguns sinais como contradição nas respostas, informações que não condizem com a realidade da bicicleta, dúvidas na hora de responder, não são bons.



Para bater o martelo, verifique o número de série e chassi da bicicleta, eles se localizam na parte de baixo do quadro, no movimento central. Caso esteja raspado ou danificado propositalmente, a chance da bike ser roubada é grande!

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo