7 dicas importantes na hora de comprar sua bike usada!

Comprar uma bike usada não é tão simples assim, principalmente se você não quer comprar um problema junto! Temos que prestar atenção em diversos pontos e detalhes tanto do vendedor quanto da bicicleta, para podermos ter certeza do que estamos comprando!


Por isso, confira com a gente algumas dicas essenciais para não cair em uma furada na hora de comprar sua bicicleta usada!



Defina como vai usar a bike.


O primeiro passo para começar a procurar uma bicicleta usada é definir como você vai usá-la, isso permite que você afunile as buscas para um tipo mais certo.



É muito importante também saber se no futuro você pretende variar seu uso, por exemplo, se a bike vai ser usada na cidade todos os dias para trabalhar, mas futuramente você pretende fazer trilhas leves, isso já especifica mais ainda os modelos a serem procurados!



Verifique a procedência.


Logo depois de definir o uso da bicicleta, é muito importante procurar saber ao máximo sobre sua história, principalmente se você estiver comprando diretamente de uma pessoa e não de uma loja física.


Recomendamos SEMPRE que você compre bikes usadas em lojas físicas, mas se não for esse o caso, procure fazer perguntas como:


  • Como você usava a bicicleta?

  • A bike é sua?

  • Você foi o único dono?

  • A bike tem nota fiscal?

  • A bicicleta já caiu ou foi batida?



Claro que quanto mais perguntas melhor, mas, com estas, já é possível ter uma boa noção do que se está comprando.


Além disso, desconfie de preços muito baixos, sempre preste atenção nos componentes e na marca, marcas muito genéricas podem não ser boas compras, e bikes muito baratas podem ser uma bomba!



Avalie as peças e componentes


Achei uma possível bicicleta! E agora!?


Agora com uma possível compra, é hora de ir ver a bike! É muito importante que você NUNCA firme uma compra sem ver a bicicleta antes, nesta hora é necessário prestar atenção em diversos detalhes e também fazer algumas perguntas.


Preste muita atenção nos câmbios, verifique se são atuais ou não, modelos mais antigos, teoricamente já têm muito uso, por isso pode ser que o conjunto de câmbios já esteja gasto o suficiente para não funcionar direito mesmo com um profissional regulando!





Pergunte sobre barulhos na bicicleta, se possível de uma volta nela e force um pouco, para garantir que todo o sistema ainda está bem.


Use bastante os passadores, para garantir que eles funcionem como deveriam, caso a bike tenha freios hidráulicos, preste atenção na altura dos manetes, caso o curso esteja muito longo provavelmente será necessário fazer uma sangria!


Caso não seja identificável, pergunte a marca de componentes como cubos, pedivela, movimento central e catraca.



Analise o quadro


Analise o quadro da bike, procure por sinais que podem indicar melhor a frequência de uso e possíveis acidentes que ela sofreu, como marcas de corrente no triangulo traseiro do quadro, amassados, rachaduras ressoldas.


Caso o quadro tenha muita avaria, sendo as mais importantes rachaduras e ressoldas, talvez não seja uma boa ideia comprar.



Histórico de manutenção


Pergunte ao vendedor sobre as manutenções que já foram feitas, o que foi feito nessas manutenções, se foi trocado alguma peça e etc.



Caso a bike tenha passado por uma revisão há muito tempo, tenha em mente de que você terá de gastar mais para fazer uma outra re